Avançar para o conteúdo principal

Cozinheira de Serviço

A minha foto
Pimentinha na Cozinha
Desde sempre adorei cozinhar, descobrir novos sabores e ideias. Partilhar tudo isto convosco é mágico! Cozinhar é uma forma de Amar!

ECONOMIA E GESTÃO DOMÉSTICA


Hoje para mim e também para muitos outros, chega o final de férias! É tempo de refletir, recarregar energias positivas e muita força para enfrentar o “novo ano”.
           Desde que me lembro, sempre gostei ter tudo muito organizado e as finanças não são exceção. Muitas pessoas têm alguma dificuldade em gerir as suas finanças familiares e, nos dias de hoje é essencial organizarmo-nos a esse nível, para conseguir fazer face às despesas do dia a dia.
Algumas sugestões:
(retiradas do site - http://gaafsande.blogspot.pt/2011/11/gestao-domestica-orientacoes-para-pais.html)

Será que as despesas da nossa família estão adaptadas aos nossos rendimentos?
Estas são algumas das questões que as famílias diariamente colocam para fazer face às dificuldades económicas do dia a dia. Cada um tem que fazer as suas próprias contas, saber quais são as suas despesas e o dinheiro que precisa.
      Assim, junte toda a família, pegue no lápis e num papel e façam as contas das despesas para saber quanto dinheiro precisam todos os meses, de forma a garantirem as despesas fixas, as necessidades básicas e outras de toda a família.
       Perante as dificuldades da atualidade, deixamos aqui algumas dicas e orientações que podem ajudar os pais a gerir o orçamento familiar, o qual com filhos em idade escolar se revela mais exigente.
Como fazer um Plano de Gastos:
A) Identifique onde gasta o seu dinheiro:
Discrimine as despesas fixas (luz, gás, água, condomínio, transporte, educação);
  1. Comece por registar quanto gasta no supermercado, no talho, peixaria, frutaria, etc. No final do mês faça as contas e, assim, tem a noção de quanto precisa para alimentação.
  2. Considere as despesas sazonais (reparações e revisões automóvel, regresso às aulas, datas comemorativas, férias da família, etc);
  3. Guarde todas as faturas das despesas da família e tome nota de todos os gastos diários durante 1 mês;
  4. Determine as despesas para cada membro da família. Faça uma estimativa para os próximos 12 meses, mas reveja periodicamente esta estimativa;
  5. Analise cada item da despesa e identifique cada oportunidade para reduzir despesas.
B) Descrimine também as receitas (salários, rendas, lucros de investimentos – utilize valores líquidos).
C) Faça o balanço entre despesas e receitas. Veja quanto lhe sobra.
D) Planeie a sua poupança.
Gestão do Plano de Gastos / Dicas:
a) Converse sobre a capacidade do casal lidar com o dinheiro e defina prioridades na família.
b) Fale abertamente sobre como cada um se relaciona com o dinheiro.
c) Fale abertamente com os seus filhos sobre o orçamento familiar, para que estes tenham conhecimento do que se passa no seio da família.
d) Ensine os seus filhos para uma boa gestão do dinheiro.
e) Estabeleça prazos para o pagamento das suas dívidas.
f) Faça um planeamento das despesas mensais.
g) Elabore um orçamento funcional.
h) Decida conjuntamente com a família os investimentos a fazer e as despesas a reduzir.
i) Tente equilibrar o poder financeiro de cada um, atribua também responsabilidades ao seu parceiro(a) e aos seus filhos a partir de determinada idade;
j) Aceite os seus erros e não se deixe levar apenas pela questão financeira. Aprenda com os erros e partilhe as decisões vitoriosas.
l) Evite andar com a carteira cheia de trocos, pois assim será mais fácil fugir às pequenas tentações do dia a dia, que podem consumir uma quantidade enorme de dinheiro no fim da semana.
m) Minimize os gastos supérfluos. Caso o casal trabalhe em locais próximos um do outro, use apenas um dos carros para se deslocar.
n) Limite os seus vícios, pois pequenos vícios podem tornar-se em maus hábitos.
Estes são pequenos passos que podem ajudá-los a crescer e a ganhar autonomia.

Assim, vou dar-vos algumas sugestões de sites que facultam, de forma grátis folhas de excel já prontinhas, para fazer download e gerir de forma mais prática as nossas despesas e outros. Eu uso algumas delas e, posso dizer que hoje tenho consciência dos meus gastos e poupanças a curto, longo e médio prazo.

 
http://www.paraquedistas.com.pt/gestor/gestao-domestica.html
http://www.pedropais.com/poupanca/calculadora-de-despesas

 
Para os Professores se organizarem este site
http://www.paraquedistas.com.pt/gestor/gestao-de-alunos.html

disponibiliza também uma folha em excel grátis muito completa para gestão de turmas.
Também o site:
http://www.regiprof.com/regiprof_2014/index.php

tem um software de gestão de alunos muito completo. No entanto não é gratuito, mas a sua subscrição anual é acessível.
Bom fim de férias para todos e lembrem-se que é essencial ser alegre e positivo.

 

 

Mensagens populares deste blogue

Bolo de Chila e Amêndoa

Este é um dos meus bolos/tartes preferidos, pois é muito fácil de fazer, rápido e delicioso. A receita foi-me dada por uma colega da Escola, e desde então já o fiz imensas vezes. Fresquinho é de perder a cabeça.
Ingredientes para o bolo: ·1 chávena de doce de chila ·6 ovos ·180 g Açúcar ·125 g Amêndoa com a pele moída ·1 colher de sopa de manteiga derretida ·50gde farinha ·1 colher de chá de fermento
Preparação (Bimby): ·Pré-aqueça o forno a 180ºC. ·Unte com manteiga e, de seguida peneire com farinha numa forma redonda baixa. ·Coloque no copo as amêndoas e pique-as, programando 10 segundos – velocidade 5-7. ·Retire e reserve. ·Coloque a borboleta coloque no copo o açúcar e os ovos e programe 5 minutos – velocidade 3 e meia – temperatura 37º. ·Retire a borboleta, junte a manteiga derretida e já morna e programe 1 minuto – velocidade 3. ·

Pãezinhos de Leite Fáceis e Fofinhos

Mais uma receita de pãezinhos de leite, pois como cá em casa todos adoram ando sempre a experimentar novas receitas e esta, asseguro-vos que sai sempre bem, prepara-se num abrir e fechar de olhos e são tão fofinhos, que desaparecem num instante. Adaptei está receita daqui.
Ingredientes para 8 pãezinhos: ·400g de farinha ·250 ml de leite morno ·40 g Açúcar ·5 g de fermento padeiro seco (ou 15g de fermento padeiro fresco) ·45g de manteiga derretida ·1 colher de chá de sal (5g) ·Gema de ovo e um pouco de leite para pincelar
Preparação (Tradicional): ·Dissolva o fermento em 50 ml dos 250ml de leite morno necessário, conjuntamente com o açúcar. ·Derreta a manteiga e deixe arrefecer, ·Misture a farinha e o sal. ·Acrescente o fermento dissolvido e o resto do leite morno e amasse bem. ·Por último acrescente a manteia derretida e amasse bem. ·Acrescente mais um pouco de farinha até a massa descolar do alguidar.

Croissants de Iogurte

Cá em casa todos adoram croissants! Já experimentei fazer algumas receitas de croissants e esta é sem dúvida a melhor! É um misto de croissant folhado e croissant de brioche, é light, pois só leva um pouco de manteiga derretida entre as camadas, o que os faz esfolharem-se muito bem. Apesar de não estar na receita original decidi acrescentar 1/2 colher de chá de açafrão em pó, como já experimentei noutras receitas, o que lhe dá uma cor amarelinha e não altera nada o sabor. Vi esta receita no canal youtube da Madame Thermomix, que por sua vez reproduziu uma receita da “Susy Bimbólica”, que por sua vez……(Podem ver também as fotos da montagem da massa no site da Susy Bimbólica ou o vídeo integral, na Madame Thermomix). Resultaram 16 croissants maravilhosos e enormes, apesar de no início me parecerem pequenos, como ficam a levedar 1 hora depois de moldados (pré-aqueci o forno a 50º e desliguei e, depois coloquei-os lá a levedar no quentinho). Será sem dúvida uma receita para repetir.
Ingredien…